abril 2008 Archives

PIRATAS DAS CARAÍBAS – UM CASO DE SUCESSO

No dia 25 de Março de 2007, no Encerramento do III FESTAMBO – Festival de Música e Dança de Ourém, a Banda de Música de Loureiro (Oliveira de Azeméis) e a Orquestra de Sopros de Ourém, realizaram um concerto em conjunto, no Cine-Teatro Municipal, sob a direcção do Maestro José Pedro Figueiredo, que dirige estes dois agrupamentos.

Uma das obras executadas no Concerto foi “PIRATES OF DE CARIBBEAN”, de Klaus Badelt, com arranjo de John Wasson, da qual foi feito um vídeo amador, que um executante da Orquestra de Ourém colocou no YOUTUBE.

Pouco mais de um ano depois, este vídeo regista um número extraordinário de visitantes, tendo ultrapassado nesta data os 206.000, com quase 250 comentários.

Este vídeo pode ser visualizado no seguinte endereço: http://www.youtube.com/watch?v=ri2QvNeDwyE.

Passagem para uma visita à família Cartwright

| 1 Comentário
Aconteceu ontem mais uma sessão ordinária da assembleia municipal. Com começo marcado para as 17.00 horas, o presidente da câmara municipal chegou 45 minutos depois. A propósito, uma nota.
No final do último ponto do período «antes da ordem do dia», dedicado às declarações e intervenções de interesse local ou geral, Ângela Marques, membro do grupo municipal do psd, arengou sobre um folheto qualquer do ps e, embalada, debitou uma retórica comicieira. A prédica foi tão sectária quão demagógica, a fazer lembrar os pregadores obscurantistas, em registo distorcido e patético, do tipo «eles, os maus cor de rosa - como o Boo do Dragon Ball -, que administram mal a coisa pública e mais não fazem do que dificultar a vida do povo e o bem que acaso fazem mais não é do que por obrigação, e nós, os benfazejos cor de laranja - como os citrinos da vitamina cê do Pafarrão e aquele gato gordo mandrião que gosta muito de lasanha -, os bons feitores da paróquia, por quem o povo clama e a quem o povo alcandora na padiola das honras e das sinecuras locais e muito bem, porque a nossa senhora da hora da nossa morte não deixa o povo ir em enganos». A charla atingiu tal nível de estupidez - verdade seja dita, não se ouviu sequer uma palavrinha em abono de Luís Filipe Menezes - que um elemento do grupo municipal socialista rogou o direito de intervenção para defesa da honra da bancada e da seita política. Mas o episódio não terminou aqui. Na sequência, Deolinda Simões, a quem compete orientar e conduzir os trabalhos da sessão de modo isento, tomou as dores do grupo do psd e, armando-se em patroa de estabelecimento com balcão e esplanada para atendimento ao público, reiterou o sentido do palavreado de Ângela Marques e reforçou a censura ao ps, fazendo tabula rasa dos preceitos legais e regulamentares que regulam a condição de presidente da mesa da assembleia municipal. Ainda bem. Viva. Urra. Iupi iupi lá lá lá. É que poderia ter-lhe dado para pior. Por exemplo, poderia ter-lhe dado para pensar na compatibilidade funcional e política entre o desempenho do cargo de chefe do gabinete do presidente da câmara municipal e o assento simultâneo na assembleia municipal, órgão de controlo da acção do executivo e, portanto, do seu presidente. Como é que alguém em posição subordinada consegue ao mesmo tempo fiscalizar o seu chefe? A lei há-de dizer alguma coisa sobre o assunto, mas isso, agora, não tem qualquer interesse. É dia de festa. Pode entrar a música dos Bonanza. Íii á.
A secção de Ourém do psd fez publicar um comunicado na imprensa local (vide Ourém e seu Concelho, n.º 863, 15.Abril.2008, p. 4 ou Notícias de Ourém, n.º 3671, 18.Abril.2008, p. 15) onde, para além de recensear as posições tomadas e as diligências desenvolvidas por tal partido político em relação à extinção eventual da região de turismo Leiria-Fátima, se vangloria do facto de David Catarino, presidente da câmara municipal de Ourém, e Isabel Damasceno, presidente da câmara municipal de Leiria, terem feito o primeiro-ministro recuar relativamente à intenção de extinguir a região de turismo referida. Não se sabe muito sobre a cena, para além de ter ocorrido no dia 24 de Março. Mas não custa admitir que David Catarino tenha feito vencer a sua posição depois de ter explicado a José Sócrates que, antes de iluminado, um conjunto de ferros não é um semáforo. Seja como for, isto é curioso, parece que a vanglória do psd da paróquia é vã e qualquer coisa mais, coisa mais do que armar ao pingarelho e que não é bonita. É que consta que, no dia 16 de Fevereiro, uma delegação socialista de Leiria já tinha conseguido assegurar o que David Catarino e a malta do psd de Ourém reclamam ter conseguido mais de um mês depois (vide Pedrosa, João Paulo, "O cuco e a política", in Região de Leiria, n.º 3709, 18.Abril.2008, p. 56). E que Isabel Damasceno já sabia do facto.

Na sequência da recente entrada em vigor do Decreto – Lei n.º 39/2008, de 7 de Março, a Câmara Municipal de Ourém (CMO) e a ACISO Associação Empresarial Ourém – Fátima, irão levar a efeito, no próximo dia 29 de Abril de 2008, pelas 15H00’ no Salão Nobre do Centro de Negócios de Ourém, uma iniciativa conjunta cujo propósito consiste em esclarecer os participantes sobre as alterações mais significativas ocorridas ao nível da Legislação Aplicável aos Empreendimentos Turísticos.
Vocacionada para Proprietários / Responsáveis de Estabelecimentos Hoteleiros e de outras Unidades de Alojamento e permitindo a participação doutros interessados, a Sessão irá contar com a presença do Prof. Carlos Torres, Advogado, Docente Universitário, profundo conhecedor da temática legislativa relacionada com o Turismo e reputado colaborador do Jornal Publituris.

A participação na Sessão obriga à efectivação de uma prévia inscrição que poderá ser efectuada, até ao dia 28 de Abril, junto do GADE (CMO), cujos contactos são: Tel. 249 540 900 (ext. 151) | Fax. 249 540 918 | E-mail: [email protected] Programa (pdf)

Publicamos a declaração de voto do PS que nos foi remitida pelo vereador José Alho e que se refere ao Relatório de gestão e prestação de contas para o ano de 2007:

DECLARAÇÃO DE VOTO Os Vereadores do Partido Socialista votam contra este Relatório de Gestão e Prestação de Contas por uma questão de princípio e opção política, dado que este documento traduz as grandes orientações que presidiram à actividade do município com as quais manifestámos em devido tempo a nossa discordância.

Apesar do pouco tempo com que este Relatório nos foi distribuído, não podemos deixar de reconhecer a qualidade do trabalho desenvolvido pela equipa técnica que elaborou os documentos e o volume de informação que permitirá estudos interessantes sobre a vida municipal em diversas vertentes.

Se o documento de prestação de contas, por ser essencialmente técnico não merece referência especial, a não ser o volume imenso de trabalho que representa a elaboração das fichas de amortizações por classificação patrimonial do sistema de Inventário e Cadastro Municipal, já o Relatório de Contas poderia levar-nos a tecer outros comentários quanto ao modelo de gestão contra o qual nos temos vindo a pronunciar.

Deixamos apenas duas notas:

1º. A maior fatia do orçamento foi gasto com instalações municipais – 22%;

2º. O investimento previsto pela concessionária do sistema de abastecimento de água continua em 2007, muito abaixo do previsto no contrato;

3º. O valor elevado das dívidas a terceiros;

Não faria mais sentido uma catapulta hidráulica? Em termos de interesse turístico bate aos pontos um teleférico.

Ourém, Santarém, 16 Abr (Lusa) - O presidente da Câmara Municipal de Ourém anunciou hoje que o projecto de requalificação do castelo medieval vai incluir um teleférico ou ascensor do lado poente para retirar carros do centro histórico da cidade.

“Queremos colocar um meio de acesso mecânico ao local”, para que os visitantes não se desloquem ao monumento apenas de automóvel, mas a definição final da “concepção de um transporte” será decidida no projecto global de requalificação do espaço, que será objecto de candidatura ao Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN).

O objectivo é que esse “teleférico ou ascensor seja ele próprio uma atracção turística”, explicou David Catarino, salientando que já existe um anteprojecto para as obras a realizar.

O resto da notícia, aqui.

Imagem do Dia

| Sem Comentários

_MG_017012.jpg

Fotografia de Rogério Gonçalves. Podem consultar as classificações finais da prova de Downhill em Ourém aqui. Mais fotografias aqui e aqui.

Pensar as cidades

| Sem Comentários

Por sugestão do Tiago Gonçalves, recomenda-se a leitura (atenta) do Professor Costa Lobo, feita no VI Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Planeadores do Território e publicada na revista Planeamento. Link aqui.

crtzourem.jpg

Ourém recebe já este Sábado, dia 12 de Abril, a segunda Etapa da Taça de Portugal de Down Hill Urbano. Sábado será mais uma vez um dia de resultados e de competição, com a habitual adrenalina que o Down Hill Urbano proporciona aos atletas e ao público. Programa e informações podem ser consultados no site oficial.

OrquestrasOrff-Site.jpg

O Conservatório de Música de Ourém e Fátima, no desenvolvimento do projecto de enriquecimento curricular na disciplina da música, e com o objectivo de poder contribuir para uma sólida formação cultural musical da criança, tem realizado diversas iniciativas no sentido de responder às necessidades que se fazem sentir nesta área, nomeadamente no que respeita à experiência de tocar um instrumento musical. Desta forma, esta Escola decidiu criar Orquestras instrumentais Orff, além das que já se encontram em funcionamento, de carácter gratuito, para todas as crianças de 1º ciclo do Concelho de Ourém e arredores, orquestras estas que facultarão às crianças a possibilidade de tocar um instrumento musical (de percussão) em grupo.

Estas actividades são uma valiosa ferramenta de divulgação musical e, ao mesmo tempo, uma possibilidade das crianças poderem exprimir e desenvolver as suas capacidades técnicas e artísticas através de novos desafios e “aventuras” musicais.
Para realizarem as respectivas inscrições ou obterem mais informações, os interessados deverão dirigir-se à secretaria do Conservatório de Música de Ourém, junto à Galp (telefone: 249 545 008) ou à secretaria do Conservatório de Música de Fátima, no Antigo Seminário dos Monfortinos (telefone: 249 538 171).

Dos ciclopes que são nossos

| Sem Comentários
Com o rabinho a dar a dar de contentinho, replico aqui - e associo-me - a uma nota do Nuno. Parabéns e vénia ao Eduardo Barrento, por ter vencido o prémio fotojornalismo Visão/Bes 2008, na categoria «natureza». Vá, vão lá espreitar os mochinhos, ao fundo, à direita. E aqui há mais fotografias de bichos do Eduardo.

Novidade!

| 4 Comentários

Uma boa novidade para o Concelho de Ourém, se for certo. Aqui. Aguardaremos pela confirmação da noticia!

Actividade

Comentários Recentes

Mais Comentados

Arquivos

Flickr

Flickriver
Powered by Movable Type 4.38